Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Temores persistem e Wall Street opera com forte baixa

SÃO PAULO - Os agentes em Wall Street mostram-se cautelosos com relação ao plano de socorro do governo americano. Existem dúvidas de que os US$ 700 bilhões do programa não serão suficientes para aliviar os problemas no ambiente de crédito.

Valor Online |

Em pauta, estão as notícias de que o Citigroup comprará ativos bancários do Wachovia e a atuação de governos europeus para resgatar instituições financeiras.

Bélgica, Holanda e Luxemburgo, por exemplo, vão investir 11,2 bilhões de euros no Fortis e a administração britânica resolveu nacionalizar a financiadora de hipotecas Bradford & Bingley.

Os investidores olham para o Congresso dos EUA depois de os legisladores alcançarem um acordo sobre o plano. A proposta deve ser colocada em votação hoje na Câmara dos Representantes e na quarta-feira no Senado.

Minutos atrás, o Dow Jones caía 2,66%, aos 10.846,76 pontos. O Nasdaq cedia 3,95%, ficando em 2.097,13 pontos. O S & P 500 verificava recuo de 3,55%, situando-se em 1.169,94 pontos.

(Valor Online, com agências internacionais)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG