Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Temores de recessão derrubam mercados asiáticos

Por Kevin Plumberg HONG KONG (Reuters) - As bolsas de valores da Ásia registraram fortes quedas nesta quinta-feira à medida em que aumentam as evidências sobre a desaceleração acentuada da economia dos Estados Unidos, o que tem elevado as apostas em uma recessão global profunda e prolongada.

Reuters |

A euforia sobre a mudança da liderança política nos Estados Unidos, após a eleição de Barack Obama, teve curta duração, com a realidade da deterioração do mercado e as condições econômicas se impondo.

"Com o fim das eleições nos Estados Unidos, os olhares dos investidores estão se voltando para a economia, com uma idéia de que nada pode ser feito de forma rápida para frear a queda da economia global", disse Hideyuki Ishiguro, supervisor do departamento de estratégia de investimento da Okasan Securities, em Tóquio.

O índice MSCI de ações da região Ásia-Pacífico, com exceção do Japão, caiu 6,7 por cento, depois de ter aberto no patamar mais alto em três semanas. O índice perdeu 53,7 por cento este ano, superando a queda de 40,8 por cento do índice de ações mundiais.

O índice Nikkei da bolsa de valores de Tóquio terminou em queda de 6,5 por cento, puxado por grandes exportadores como Canon e Honda, empresas que mais devem ser afetadas por uma forte queda na demanda no exterior, à medida que consumidores cortam gastos.

A Toyota registrou queda de 10,4 por cento, depois de um jornal ter publicado que a previsão de lucro operacional da empresa será equivalente a menos da metade do lucro registrado no ano passado.

Depois do fechamento do mercado, a montadora cortou sua perspectiva de lucro líquido para o ano fiscal de 2008 para 550 bilhões de ienes, ante 1,25 trilhão de ienes, com a crise financeira global e temores de recessão levando a cortes na venda de carros em mercados estratégicos.

O índice Hang Seng, de Hong Kong, registrou queda de 7,1 por cento, puxada pela desvalorização de 13,3 por cento da Cathay Pacific, após a companhia aérea ter advertido sobre perdas com hedges de combustível no valor de 360 milhões de dólares, o que irá afetar os resultados de 2008.

O índice Kospi, da Coréia do Sul, registrou forte queda de 7,5 por cento, enquanto o índice da bolsa da Austrália fechou no vermelho, com queda de 4,3 por cento. Em Xangai, a perda do índice foi de 2,4 por cento, e em Cingapura a queda foi de 2,6 por cento. Já em Taiwan, o mergulho do índice foi de 5,7 por cento.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG