Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Temor derrubou ontem bolsas dos EUA ao menor nível em 5 anos

SÃO PAULO - As bolsas de valores americanas fecharam no menor nível em 5 anos e meio, dando sequência ao processo de vendas de ações detonado pelas preocupações com a gravidade de uma recessão global. Além disso, fracas perspectivas de lucros corporativos assustaram os investidores.

Valor Online |

O índice Dow Jones caiu 2,42%, a 8.175 pontos. O Standard & Poor´s 500 perdeu 3,18%, a 848 pontos. O Nasdaq recuou 2,97%, para 1.505 pontos. Com apenas quatro dias para fechar outubro, o S & P 500 caminha para registrar o pior mês desde o período pós-Segunda Guerra Mundial.

Os pregões foram voláteis e o volume de negócios, baixo. As ações caíram fortemente na última meia hora de negócios. Hedge funds têm se livrado de ações para levantar capital e atender pedidos de resgate de clientes. Segundo operadores, esse movimento exacerbou a queda das bolsas no final do dia.

As ações de companhias do setor energético lideraram a queda, com apostas de que a desaceleração global irá atingir a demanda por energia.

As ações de tecnologia também pesaram sobre o mercado, com a Microsoft arrastando o Nasdaq após o "Wall Street Journal" reportar que a inadimplência em financiamentos tecnológicos saltou este ano.

"Está tão negativo que você se sente como um patinador sem patins: não dá para ficar em pé", afirmou Angel Mata, diretora de operações com ações na Stifel Nicolaus Capital.

Grande parte dos mercados acionários da Europa também fechou em baixa. Os negócios foram abalados mais uma vez pela a inquietação relacionada à saúde econômica mundial e com o quadro do setor financeiro, especialmente com a possibilidade de mais empresas do segmento terem de buscar fontes de capital externo para ajudar em seus balanços.

Além de dados econômicos, os agentes olharam para o desempenho financeiro corporativo e avisos do setor para seus números futuros. Mereceu acompanhamento ainda o movimento dos preços do petróleo, que continuam caindo.

Em Londres, o FTSE-100 recuou 0,8%, aos 3.852,59 pontos. O CAC-40, de Paris, diminuiu 3,96%, para 3.067,35 pontos. Em Frankfurt, no entanto, o DAX subiu 0,91%, aos 4.334,64 pontos.

(Valor Econômico, com agências internacionais)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG