A Telesp (Telefônica) aprovou hoje em reunião do conselho de administração a emissão de até R$ 6 bilhões em notas promissórias para distribuição pública. Segundo fato relevante divulgado há pouco, serão emitidas até 600 notas promissórias, com valor nominal unitário de R$ 10 milhões, sem qualquer tipo de garantia.

Os recursos serão utilizados, de acordo com a companhia, exclusivamente para o pagamento que o grupo poderá vir a assumir no leilão de compra de até 100% da GVT. Os recursos provenientes da emissão são oriundos de garantias firmes obtidas junto a instituições financeiras, acrescenta o grupo em comunicado, que totalizam R$ 8,6 bilhões, além de valores disponíveis em seu caixa.

A remuneração das notas será equivalente à acumulação das taxas médias diárias dos DI - Depósitos Interfinanceiros de um dia, Extra-Grupo, à razão de 109%, considerando redução de 2 pontos porcentuais para 107% caso a empresa realize resgate antecipado, parcial ou total, até 90 dias, ou redutor de 1 ponto porcentual para 108% caso realize resgate antecipado total ou parcial entre 91 e 180 dias.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.