Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Telefônica:receita cresce c/aumento dos serviços de TV paga e Speedy

A melhora da performance de, praticamente, todos os serviços garantiram a expansão de 13,2% da receita líquida no terceiro trimestre do ano, para R$ 4,094 bilhões. Conforme destaca no balanço divulgado hoje, estas variações são justificadas principalmente pelo crescimento dos serviços de TV paga e Speedy, pelo desempenho das receitas com cessão de meios e uso de rede, motivado pelo crescimento do mercado de telecomunicações, pelo desempenho das receitas com longa distância nacional e pelo reajuste tarifário com vigência a partir de julho de 2008.

Agência Estado |

Por outro lado, os efeitos dos ganhos foram parcialmente contrabalançados pela queda nas receitas de telefonia pública, serviço local e assinatura, sendo esta última justificada pela diminuição da planta média em serviço e pelo aumento da base de planos alternativos de telefonia fixa com assinatura mais baixa.

Quando comparamos o terceiro trimestre com o período de abril a junho, observa-se um aumento na receita operacional líquida de R$ 210,4 milhões ou 5,4%. A expansão é atribuída ao desempenho das receitas de TV Paga, cessão de meios e longa distância nacional.

A queda de 1,5 ponto porcentual da margem Ebitda, para 41%, no terceiro trimestre sobre o mesmo período do ano passado foi justificada, principalmente, pela queda das receitas de serviço local e telefonia pública, pelo aumento de gastos com propaganda, conteúdo de TV e atendimento ao cliente, além dos gastos decorrentes dos problemas técnicos em julho de 2008. Excluindo os impactos relacionados aos problemas técnicos ocorridos em julho, a margem Ebitda no acumulado até setembro seria de 41,2% e de 41,8% no terceiro trimestre.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG