Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Telefónica se diz surpreendida com decisão da CVM sobre OPA para TIM

Um porta-voz da companhia espanhola Telefónica disse que a empresa foi surpreendida pela decisão da Comissão de Valores Mobiliários (CVM) de que a Telco, controladora da Telecom Italia, tem o dever de realizar uma Oferta Pública de Aquisição (OPA) para os acionistas minoritários da TIM Participações, unidade de telefonia móvel do grupo italiano no Brasil. Segundo o porta-voz, a Telefónica irá avaliar o pedido juntamente com os outros acionistas da Telco.

Agência Estado |

A companhia espanhola possui uma fatia de 42,3% na Telco, holding que inclui os bancos italianos Intesa Sanpaolo e Mediobanca, a seguradora Asicurazioni Generali e a família Benetton, além da Telefónica. A Telco detém 24,5% da Telecom Italia.

A Telecom Italia possui 81,3% das ações ordinárias da TIM Participações. A compra das ações dos minoritários poderia custar aos acionistas da Telco até 500 milhões de euros, de acordo com estimativas de analistas consultados pela agência Dow Jones. As informações são da Dow Jones e da Agência Estado.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG