Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Telefônica lidera ranking de reclamações no Procon em 2009

A Fundação Procon-SP divulgou hoje o ranking das empresas que foram objeto de reclamações dos consumidores em 2009. Os cinco primeiros colocados nesse ranking foram: Telefônica, Itaú, Eletropaulo, Sony Ericsson e TIM.

Agência Estado |

A lista contém apenas as demandas de consumidores que não foram solucionadas.

De acordo com o Procon, a área de Serviços (água, telefonia, luz, escola, clubes, oficina mecânica etc.) foi a que registrou o maior número de reclamações, com 57%, seguida pela de Assuntos Financeiros (bancos, cartões de crédito, financeiras etc.), com 22%.

As áreas de Produtos (móveis, eletrônicos, vestuário etc.), Saúde (planos de saúde, cosméticos, medicamentos etc.), de Habitação e de Alimentos concentraram, respectivamente, 18%, 3%, menos de 1% e menos de 0,1% das reclamações fundamentadas .

A Fundação Procon informa também que no ranking do ano passado chama a atenção o fato de que as empresas de telefonia (fixa e móvel) e de energia elétrica, que são serviços de prestação contínua e essenciais ao dia a dia do consumidor, somaram 49% do total de reclamações fundamentadas.

"Esse dado mostra que essas empresas, que atuam praticamente sozinhas no mercado, não estão conseguindo dar solução para problemas que elas mesmas causam aos seus clientes, obrigando-os a procurar um órgão de defesa do consumidor", diz o Procon. Outro setor que merece atenção, de acordo com o Procon, é o das instituições financeiras, pois apresenta quatro empresas entre as dez primeiras colocações.

A Fundação Procon-SP notificou as vinte primeiras empresas colocadas do ranking e as três primeiras de cada área, questionando o alto índice de reclamações fundamentadas e exigindo metas de redução das demandas.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG