SÃO PAULO - A espanhola Telefónica anunciou hoje que aumentará sua participação na China Netcom Group Corporation Limited (CNC). Por meio de uma acordo fechado com a AllianceBernstein, a operadora pagará até 802 milhões de euros por uma participação de 5,74% na operadora chinesa.

De acordo com comunicado divulgado pela Telefónica, o negócio está dividido em duas partes. A primeira delas envolve o desembolso de 368 milhões de euros por 2,71% do capital. Com isso, a Telefónica, que já detém 4,99% do capital e aguarda autorização para ficar com mais 2,2%, passará a deter, ao todo, 9,9% na CNC.

A segunda parte do negócio depende da fusão da CNC com a China Unicom Limited (CU). Nesta etapa, a operadora européia comprará até 3,03% das ações da CNC que serão emitidas como parte da operação de fusão por um montante que deve variar de 392 milhões a 434 milhões de euros, dependendo do valor da cotação das ações da empresa.

No caso de conclusão da segunda etapa e da união das duas teles chinesas, a Telefónica passará a deter 5,5% do capital da nova empresa formada por CNC e CU.

(Valor Online)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.