Tamanho do texto

A companhia espanhola Telefónica vai elevar sua oferta pela fatia de 55,1% que ainda não possui na companhia de telecomunicações chilena de linhas fixas Telefónica CTC Chile de mil pesos para 1,1 mil pesos (US$ 1,73), para as ações série A, e de 900 para 990 pesos para papéis série B. A elevação da oferta ocorreu após gestores de fundos de pensão, que possuem mais de 10% das ações da CTC, votarem contra a proposta inicial da Telefónica, pressionando a espanhola a elevar sua oferta.

Em comunicado regulatório, a Telefónica disse que sua oferta revisada avalia a participação de 55,1% na CTC em 691 milhões de euros.

Também hoje, a Telefónica disse que seus resultados preliminares obtidos no terceiro trimestre, e ainda não divulgados, mostram que a companhia continua no caminho de cumprir suas metas de crescimento, apesar das preocupações com o impacto da desaceleração econômica sobre a empresa, principalmente no mercado espanhol.

O grupo disse que prevê crescimento de 6% a 8% de sua receita este ano, em comparação com o valor registrado no ano passado. A expansão do lucro operacional antes de depreciações e amortizações (Oibda) deve ser de 7,5% a 11%. A Telefónica disse ainda que vai elevar de 100 milhões para 150 milhões seu plano de recompra de ações este ano. As informações são da Dow Jones.