Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Telecom recorre ao BM sobre nacionalização de telefônica na Bolívia

La Paz, 12 jul (EFE).- A multinacional italiana Telecom iniciou um processo junto ao Banco Mundial contra o Estado boliviano pela nacionalização de sua telefônica no país sul-americano, informou hoje a imprensa local.

EFE |

O processo foi apresentado perante o Centro Internacional para Arbitragem de Disputas sobre Investimentos (Ciadi) pela nacionalização em maio da Entel, assinalou o jornal "La Razón".

Segundo o jornal, o ministro de Obras Públicas boliviano, Oscar Coca, enviou uma carta ao Ciadi na qual pede que se designe a situação "aos árbitros do tribunal" e que a Bolívia teria que fazer o mesmo.

Apesar de a Bolívia ter decidido abandonar o Ciadi no ano passado, o ministro boliviano explicou que, com esse processo, as negociações sobre a propriedade das ações da nacionalizada Entel demorarão um bom tempo antes que sejam resolvidas, por falta de um acordo com a Telecom sobre o preço das mesmas.

O presidente Evo Morales nacionalizou em 1º de maio a Entel, empresa em que a Telecom tem 50% e o Estado boliviano 47%.

Com a nova medida, o Estado assumiu o controle de 97% da telefônica, que é a maior do país no setor. EFE rs/rr

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG