Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Telecom Italia estuda compras no Brasil

O vice-presidente da Telecom Itália para a América Latina, Carmelo Furci, admitiu ontem que a empresa está olhando algumas oportunidades de aquisições no Brasil. Em meio à turbulência financeira vivida pelo grupo na Europa, o executivo disse que o País é hoje o segundo foco de interesse da Telecom Italia, atrás apenas das operações da matriz.

Agência Estado |

"O Brasil é muito importante para nós. Queremos que a TIM seja líder de mercado. Para isso, vamos fazer forte investimento em infra-estrutura. Mas também temos sempre de olhar se há oportunidades de negócios", disse o executivo.

Questionado se entre as possíveis aquisições do grupo estaria a empresa brasileira Intelig, Furci respondeu: "Nos interessa tudo ligado a telecomunicações." Os negócios ligados à TV por assinatura, caminho que vem sendo trilhado por outras empresas do setor, no entanto, não fazem parte dos planos da empresa nesse momento.

Os rumores de uma possível compra da Intelig, controlada desde o início do ano pelo Grupo Docas, do empresário Nelson Tanure, existem já há alguns meses. De acordo com especialistas, a Intelig ofereceria à TIM uma boa rede de fibra ótica de âmbito nacional, ativo precioso para uma empresa de telefonia móvel que busca ampliar seu leque de produtos. A aquisição permitira à TIM ganhar maior penetração no mercado corporativo, principalmente com transmissão de dados.

Carmelo Furci destacou que a subsidiária brasileira do grupo receberá investimentos de R$ 2,3 bilhões para suas atividades em 2009, frente a R$ 3,3 bilhões deste ano. Ele acrescenta, porém, que este ano houve desembolso de R$ 1 bilhão para a compra de licenças 3G. As informações são do jornal O Estado de S.Paulo

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG