O conselho de diretores da Telecom Italia vai discutir no dia 2 de dezembro se vende ou não a participação que possui em sua subsidiária argentina, a Telecom Argentina, segundo um grupo de investidores minoritários. O executivo-chefe da Telecom Italia, Franco Bernabe, afirmou hoje durante conferência do setor em Barcelona que a unidade da companhia no Brasil, a TIM Participações, não está à venda.

A Asati, associação que representa os acionistas da Telecom Italia, disse em um comunicado que a fatia da companhia na Telecom Argentina vale mais de 900 milhões de euros (US$ 1,3 bilhão), de acordo com o site Milano Finanza.

Autoridades antitruste da Argentina determinaram que a Telecom Italia deve vender sua fatia na unidade que possui no país depois que a espanhola Telefónica assumiu uma participação minoritária na empresa italiana. A própria Telefónica tem uma subsidiária na Argentina, que é a maior concorrente da Telecom Argentina.

A Asati pediu que os representantes da Telco, a companhia controladora por meio da qual a Telefónica possui a fatia na Telecom Italia, se abstenham de votar na reunião do dia 2. Se a venda da unidade argentina seguir adiante, então a Telecom Italia deveria processar a Telco, afirmou a Asati. A associação disse que é contra a venda porque a expansão internacional da Telecom Italia tem de incluir a América do Sul, em particular a Argentina e o Brasil. As informações são da Dow Jones.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.