Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

TDK vai dispensar 8 mil e fechar quatro fábricas

Tóquio, 8 jan (EFE).- O fabricante eletrônico japonês TDK demitirá 8 mil funcionários e fechará quatro fábricas no exterior devido à crise econômica global, informou a agência local Kyodo.

EFE |

A TDK também baixou suas previsões de lucro para o atual ano fiscal, que termina em março, e disse que espera registrar as maiores perdas da história do grupo, que podem chegar a 28 bilhões de ienes (US$ 305 milhões).

A companhia responsabilizou queda da demanda global e a forte alta do iene em relação ao dólar para a revisão à queda de seus lucros.

As 8 mil demissões da TDK ocorrerão principalmente na China e o fechamento das quatro fábricas afetará sobretudo as fábricas asiáticas da companhia, segundo a "Kyodo".

A empresa já tinha eliminado 17 mil postos de trabalho, desde o terceiro trimestre do ano passado, e anunciado sua decisão de rescindir o contrato de mil empregados antes de março.

As novas medidas fazem parte de um programa drástico de reestruturação com o qual a TDK espera aumentar seu lucro por operações a 62,9 bilhões de ienes (US$ 685 milhões) no próximo ano.

A revisão da queda de seus dados contrasta com sua projeção inicial de lucro líquido de 25 bilhões de ienes (US$ 272 milhões) e, caso se confirme a projeção de perdas, será a primeira vez desde 2001 que a TDK entra em no vermelho.

A companhia prevê ainda perdas por operações de 26 bilhões de ienes (US$ 283 milhões), contra 35 bilhões de ienes (US$ 381 milhões) que esperava ganhar inicialmente nesse capítulo financeiro.

A decisão da TDK acontece no momento em que muitas das grandes companhias japonesas começaram a revisar para baixo suas previsões de lucro e a tomar medidas parecidas de cortes de funcionários e fechamento de instalações. EFE icr/jp

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG