num futuro não muito distante - Home - iG" /
Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Taxa Selic poderá ser reduzida num futuro não muito distante

O presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Luciano Coutinho, afirmou nesta terça-feira que o Comitê de Política Monetária do Banco Central (Copom) poderá reduzir a taxa básica de juros (Selic) ¿ hoje em 13,75% ao ano ¿ num futuro ¿não muito distante¿.

Carol Pires, Último Segundo/Santafé Idéias |

Sem avaliar em quanto tempo a redução da Selic poderia ocorrer, Coutinho disse que a recessão já instalada nos Estados Unidos, Japão e Europa, deverá influenciar na redução dos preços, como já aconteceu no Brasil em relação às "commodities de petróleo, aço e alimentos".

Luciano Coutinho participa neste momento, ao lado do ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Miguel Jorge, de audiência pública na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado Federal.

Mais cedo, o presidente do BNDES defendeu a criação do Fundo Soberano Brasileiro (FSB) como forma de permitir que o País faça uma poupança fiscal e assegure uma ação anticíclica em caso de desaceleração da economia.

Na opinião dele, o fundo serviria também para capitalizar o BNDES. Se este volume de recursos puder abastecer o BNDES, ele será aplicado em benefício dos investimentos do setor privado e das infraestruturas do País, remunerando o próprio fundo e contribuindo para a expansão dos investimentos, disse.

Leia tudo sobre: selic

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG