Tamanho do texto

SÃO PAULO - Os agentes financeiros consultados pelo Banco Central (BC) conservaram a perspectiva de taxa Selic a 11,25% no fim de 2010. Foi a nona semana seguida de previsão inalterada.

Para o ano seguinte, contudo, a estimativa referente à taxa básica de juro saiu de 11% para 11,10%.

Vale notar que, na semana passada, o Comitê de Política Monetária (Copom) deixou estacionada a taxa Selic em 8,75% ao ano, mas a decisão não foi unânime: cinco votos foram a favor da manutenção e três votos foram pela elevação do custo do dinheiro em 0,5 ponto percentual.

No Boletim Focus, divulgado nesta segunda-feira pela autoridade monetária, os analistas preveem dólar a R$ 1,80 no fechamento de 2010 e a R$ 1,87 no fim de 2011. Antes, essas estimativas estavam em R$ 1,81 e R$ 1,85, respectivamente.

Em março, a moeda americana deve terminar a R$ 1,79, pouco abaixo da leitura esperada antes, de R$ 1,80.

(Juliana Cardoso | Valor)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.