Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Taxa de ocupação média da Gol cai em julho por aumento forte na oferta

SÃO PAULO - A taxa média de ocupação da Gol, incluindo a subsidiária Varig, caiu em julho, na comparação com o mesmo mês do ano passado. O motivo foi um aumento em ritmo mais elevado da oferta em relação à demanda no período.

Valor Online |

Segundo a Gol, a demanda unitária (medida pelo número de passageiros pagantes multiplicado pelos quilômetros percorridos - RPK, na sigla em inglês) aumentou 12,5% em julho, para 2,32 bilhões RPK. Já a oferta unitária (medida pelo número de assentos disponíveis multiplicado pelos quilômetros percorridos - ASK, na sigla em inglês) teve expansão de 19%, para 3,59 bilhões ASK.

Como resultado, a taxa de ocupação média da empresa recuou 3,8 pontos percentuais, fechando o mês de julho deste ano em 64,7%.

A maior queda na ocupação se deu na operação doméstica da companhia. A taxa média caiu 6,8 pontos percentuais em relação a julho do ano passado, chegando a 62,3%. Enquanto a demanda unitária por vôos no país aumentou 13%, para 1,79 bilhão RPK, a oferta teve expansão de 25,2%, para 2,83 bilhões ASK.

Nos vôos internacionais, porém, a Gol apresentou melhora na taxa média de ocupação, que se elevou em 7 pontos percentuais em julho, para 73,6%, na comparação com igual mês de 2007. Isso foi fruto de um pequeno aumento na oferta - de 0,5%, para 753,4 milhões ASK - acompanhado de expansão de 11% na demanda, que chegou a 554,5 milhões RPK.

(José Sergio Osse | Valor Online)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG