A taxa de desemprego no Japão subiu para 5,2% em maio, de 5,1% em abril, segundo o Ministério de Relações Internas e Comunicações do país

A taxa de desemprego no Japão subiu para 5,2% em maio, de 5,1% em abril, segundo o Ministério de Relações Internas e Comunicações do país. O número ficou acima da previsão dos economistas, que era de 5,0%. Segundo o economista Hiroshi Watanabe, do Daiwa Institute of Research, a alta foi resultado, em parte, do aumento do número de pessoas que procuram emprego, sugerindo que o dado pode ser interpretado mais positivamente do que negativamente. As pessoas que desistiram de procurar emprego durante a recessão global e haviam sido excluídas do dado começaram a voltar ao mercado de trabalho, segundo o economista.

De todo modo, o aumento no desemprego destaca como a recuperação econômica do Japão ainda precisa gerar vagas suficientes para reduzir a taxa de desemprego. O dado também revelou uma crescente dificuldade no mercado de trabalho para pessoas mais jovens, um outro sinal preocupante, segundo economistas. A taxa de desemprego entre as pessoas com 15 a 24 anos subiu para 10,3% em maio, de 9,6% em abril. As informações são da Dow Jones.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.