Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Taxa de desemprego permanece estável na União Européia em junho

Bruxelas, 31 jul (EFE).- O desemprego na eurozona se manteve estável em junho em 7,3% da população ativa e em 6,8% no conjunto da União Européia (UE) e sem mudanças em relação a maio, indicam os dados divulgados nesta quinta pelo Eurostat, o escritório estatístico comunitário.

EFE |

Um ano antes, o desemprego aumentava para 7,4% nos países de moeda única e para 7,1% nos 27 países-membros da UE.

Segundo os cálculos do Eurostat, em junho havia 16,3 milhões de homens e mulheres desempregados na UE, dos quais 11,3 milhões estavam na zona do euro.

A Espanha, com uma taxa de 10,7% é o país-membro com maior taxa de desemprego, seguido da Eslováquia, com 10,5%.

No extremo contrário está a Dinamarca, com 2,6%, e a Holanda, com 2,8%.

Dos 27 países-membros, em 21 o desemprego caiu nos últimos 12 meses, em seis ele subiu e em um se manteve estável.

As maiores quedas aconteceram na Polônia (de 9,5% para 7,3%) e na Bulgária (de 7% para 5,7%), enquanto as maiores altas foram registradas na Espanha (de 8,1% para 10,7%) e na Irlanda (de 4,5% para 5,7%).

O desemprego masculino aumentou de 6,6% para 6,7% % no último ano na zona do euro, e caiu de 6,6% para 6,4% no conjunto da UE.

O desemprego entre as mulheres caiu de 8,4% para 8,1% na área da moeda única, e de 7,8% para 7,3% nos 27 países-membros.

No que se refere aos menores de 25 anos, a taxa de desemprego em junho na eurozona ficou em 14,9% e em 14,7% na UE.

Os países com o menor número de jovens desempregados são Holanda (5,1%) e Dinamarca (5,8%), enquanto Espanha (24,1%) e Grécia (22,7%, no primeiro trimestre) estão no extremo contrário.

Taxa de desemprego, em porcentagem da população ativa, em maio, na zona do euro, a UE e cada um dos Estados-membros em ordem crescente: Zona do euro 7,3 UE 6,8 Holanda 2,8 Chipre 3,6 Estônia 4,1 Luxemburgo 4,1 Áustria 4,1 Eslovênia 4,2 República Tcheca 4,3 Lituânia 4,3 Suécia 5,1 Reino Unido 5,1 (abril de 2008) Bulgária 5,7 Irlanda 5,7 Letônia 5,7 Malta 5,8 Romênia 6,0 (primeiro trimestre de 2008) Finlândia 6,3 Itália 6,5 (primeiro trimestre de 2008) Bélgica 6,8 Alemanha 7,3 Polônia 7,3 Portugal 7,4 França 7,5 Hungria 7,6 Grécia 7,8 (primeiro trimestre 2008) Eslováquia 10,5 Espanha 10,7. EFE rja/fh/fal

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG