Tamanho do texto

SÃO PAULO - O nível de desemprego no Japão chegou a 4,2% em agosto, a taxa mais alta desde os 4,3% registrados em junho de 2006. Em julho, o indicador situou-se em 4%.

Pelo levantamento oficial, divulgado nesta terça-feira, o número de pessoas sem trabalho ficou em 2,72 milhões de pessoas em agosto, com elevação de 230 mil pessoas em comparação ao mesmo mês do ano passado.

Os dados são mais uma evidência da fragilidade da economia japonesa.

(Valor Online, com agências internacionais)