Tamanho do texto

RIO - A taxa de desemprego nacional, apurada nas seis maiores regiões metropolitanas, avançou para 8,5% da população economicamente ativa (PEA) em fevereiro, ante os 8,2% registrados no início de 2009, informou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Em fevereiro do ano passado, a taxa de desocupação foi um pouco maior, de 8,7%.

O contingente de desocupados nas seis regiões pesquisadas cresceu 2,7% em fevereiro (1,941 milhão de pessoas), o que significa mais 51 mil pessoas buscando trabalho do que em janeiro (1,890 milhão de pessoas).

Na comparação com o primeiro mês de 2009, houve incremento na taxa de desemprego em Belo Horizonte (de 6,4% para 6,8%), São Paulo (de 9,4% para 10%) e Porto Alegre (de 5,6% para 6%), bem como em Recife (8,6% para 9,1%). Em compensação, o nível de desocupação foi menor no Rio de Janeiro (de 6,6% para 6,4%) e Salvador (de 11,2% para 11%).

Segundo o levantamento, o número de pessoas ocupadas era de 20,943 milhões em fevereiro, abaixo dos 21,154 milhões de janeiro, mas com acréscimo de 1,4% frente ao segundo mês de 2008 (20,660 milhões).

(Valor Online)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.