SÃO PAULO - A taxa de desemprego na zona do euro ficou em 8,5% em fevereiro, nos dados ajustados sazonalmente, mostrando avanço com relação aos 8,3% observados no mês anterior. As informações divulgadas hoje pela agência oficial Eurostat também evidenciam um aumento frente a fevereiro de 2008, quando o nível de desemprego foi de 7,2%.

Na região de moeda comum foram contabilizadas 13,486 milhões de pessoas sem trabalho no mês passado. Na comparação com janeiro, a zona do euro registrou mais 319 mil desempregados.

Na União Europeia, a taxa de desemprego de fevereiro situou-se em 7,9%, seguindo os 7,7% apurados na abertura de 2009. Um ano atrás, encontrava-se em 6,8%. Na passagem de janeiro para fevereiro, mais 478 mil pessoas perderam seus empregos no bloco europeu.

O estudo do Eurostat mostrou que as maiores taxas de desemprego foram registradas na Espanha (15,5%) e na Letônia (14,4%), enquanto a Holanda teve a menor taxa, de 2,7%.

(Vanessa Dezem | Valor Online)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.