SÃO PAULO - A taxa de desemprego na zona do euro foi de 7,1% em janeiro, inalterada em relação a um mês antes, mas inferior aos 7,7% da abertura de 2007. Na União Européia, o indicador situou-se em 6,8% no primeiro mês deste calendário, idêntica à de dezembro de 2007 e menor do que os 7,5% do início do ano passado.

Em janeiro de 2008, a menor taxa foi registrada na Holanda (2,9%) e a maior coube à Eslováquia (10,4%), conforme estudo da agência oficial de estatísticas Eurostat.

O organismo calcula que 16,1 milhões de pessoas estavam desempregadas na União Européia no primeiro mês deste ano, dos quais 10,9 milhões passavam por essa situação na zona do euro. Em janeiro de 2007, havia 17,7 milhões de desocupados no bloco europeu, sendo 11,7 milhões nessa condição na região do euro.

(Juliana Cardoso | Valor Online)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.