Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Taxa de desemprego em março é a menor para o mês desde 2002, diz IBGE

SÃO PAULO - O nível de desemprego nacional ficou em 7,6% em março, a menor leitura para um terceiro mês de ano deste o início da pesquisa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em 2002. Apesar de registrar leve aumento em relação a fevereiro, quando o indicador se encontrou em 7,4%, o organismo considerou essa variação como estatisticamente estável. Em março de 2009, vale notar, a taxa de desemprego se encontrava em 9%.

Valor Online |

SÃO PAULO - O nível de desemprego nacional ficou em 7,6% em março, a menor leitura para um terceiro mês de ano deste o início da pesquisa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em 2002. Apesar de registrar leve aumento em relação a fevereiro, quando o indicador se encontrou em 7,4%, o organismo considerou essa variação como estatisticamente estável. Em março de 2009, vale notar, a taxa de desemprego se encontrava em 9%. No mês passado, no conjunto das seis regiões metropolitanas investigadas pelo IBGE, Salvador foi destaque, com nível de desemprego de dois dígitos (11,3%). Na sequência, apareceram São Paulo (8,2%) e Recife (8,1%). No Rio de Janeiro, o indicador ficou em 6,4%, seguido de perto por Belo Horizonte (6,3%). A menor leitura coube a Porto Alegre, onde a taxa de desocupação se situou em 5,9%. O IBGE mostrou que o contingente de desocupados somou 1,788 milhão de pessoas em março, depois de equivaler a 1,722 milhão um mês antes. No terceiro mês de 2009, abrangia 2,082 milhões de pessoas. Já o número de ocupados estava em 21,748 milhões no mês passado, pouco mais do que os 21,668 milhões de pessoas registradas em fevereiro e superior aos 20,953 milhões de pessoas em março do calendário anterior. (Juliana Cardoso | Valor)

Leia tudo sobre: iG

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG