Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Taxa de desemprego avança para 8,1% em julho, aponta IBGE

RIO - A taxa de desemprego nacional situou-se em 8,1% da população economicamente ativa (PEA) em julho, com ligeiro aumento no confronto com o mês anterior, quando ficou em 7,8%, mas abaixo dos 9,5% verificados em julho de 2007.

Valor Online |

 

Essa foi a menor taxa para um mês de julho, em toda a série da Pesquisa Mensal de Emprego (PME), iniciada em março de 2002, sustentou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em nota em sua página eletrônica. Para o organismo, o pequeno avanço na taxa entre o mês passado e o anterior não é estatisticamente significativo.

Das seis regiões metropolitanas analisadas, o menor nível de desemprego foi verificado em Porto Alegre, de 6%, e a taxa mais alta ficou com Salvador (12,1%). Em junho, esses percentuais corresponderam a 6,1% e 12,1%, respectivamente. Em São Paulo, a taxa de desocupação estava em 8,3% em julho, com leve alteração ante os 8,2% de junho. No Rio de Janeiro, passou de 6,6% para 7,3%.

No mês passado, o contingente de desocupados nas seis regiões pesquisadas somou 1,908 milhão de pessoas, pouco mais do que o 1,846 milhão de pessoas registrados um mês antes. Ante o sétimo mês de 2007 (2,175 milhões de pessoas), houve, contudo, queda de 12,3%.

Quanto ao número de ocupados, correspondeu a 21,668 milhões no total das seis regiões metropolitanas investigadas pelo IBGE perante os 21,723 milhões de junho e os 20,832 milhões de um ano antes, o que representa uma elevação de 4%, ou 836 mil postos de trabalho.

Leia mais sobre emprego

Leia tudo sobre: emprego

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG