A siderúrgica indiana Tata Steel espera que seu crescimento continue, apesar da crise de liquidez global. Segundo o vice-diretor financeiro do grupo, Koushik Chatterjee, a companhia não tem necessidades imediatas de capital, e a diminuição da demanda mundial por aço poderá ser compensada por restrições do lado da oferta.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.