Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Tarifa de Angra 3 deve ser de até R$ 160, diz Eletronuclear

O presidente da Eletronuclear, Leonam Guimarães, disse nesta terça-feira que a tarifa da usina nuclear de Angra 3 deverá ficar entre os R$ 120 e os R$ 160 por MWh. O valor é equivalente ao que será pago às usinas térmicas, que serão leiloadas em 28 de agosto, e deverão entrar em operação em 2013, mesma época de Angra 3.

Agência Estado |


Segundo Guimarães, o valor foi calculado em estudo apresentado pela Eletrobrás ao governo federal, que considera pelo menos 12 cenários.

"Tomamos como base uma série de fatores de ordem fiscal e de financiamento, entre eles a possibilidade de a usina ter o mesmo tratamento dado às demais obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), com diferimento tributário, ou mesmo condições favoráveis para a captação de recursos", disse.

Ainda de acordo com Guimarães, a Eletronuclear entregará ao Ibama esta semana dois documentos que visam acelerar a concessão de licença da instalação da usina. O primeiro deles, com meta de entrega até o dia 8, é o documento que prevê o cumprimento das condicionantes ambientais impostas para a liberação da licença. Um segundo documento visa uma autorização especial para que seja iniciada a preparação do canteiro de obras.

"Queremos que em fevereiro, quando está prevista a liberação da licença de instalação, já estejamos com tudo pronto para iniciar a concretagem para receber o reator", comentou.

Ele admitiu que um atraso na emissão desta licença para depois de fevereiro pode comprometer o prazo final de entrega da usina, previsto para agosto de 2014. "É uma meta de entrada em operação, mas um mês a mais ou um a menos lá na frente não fará diferença. Agora é que não pode atrasar, para já não começarmos com um cronograma deficitário", afirmou.

Leia tudo sobre: angra 3

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG