SÃO PAULO - A portuguesa TAP anunciou que irá redefinir sua malha aérea para enfrentar o aumento nos custos, diante dos preços recordes do petróleo. Entre as mudanças, está a redução de seis freqüências para o Brasil. Segundo a companhia, porém, nenhuma rota será cancelada.

No longo curso, além das operações para o Brasil, também serão reduzidas três freqüências ligando Portugal aos EUA e à Venezuela, num total de nove vôos semanais suspensos em rotas transatlânticas.

Na Europa, serão suspensos 58 vôos semanais entre Portugal e outros países da região. As operações domésticas seguem sem alteração.

Segundo a TAP, os vôos de longo curso serão suspensos no período de menor procura, entre novembro e março, por conta dos baixos índices de ocupação nessas rotas. Nos períodos de Natal e Ano Novo, porém, as operações permanecem normais.

Nos vôos de médio curso, a suspensão irá do dia 3 a 30 de novembro deste ano, de 12 de janeiro a 15 de fevereiro do ano que vem e de 2 a 28 de março de 2009.

(José Sergio Osse | Valor Online)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.