SÃO PAULO - A TAM anunciou ter recebido seu primeiro Boeing 777-300ER, de um pacote de oito aeronaves desse modelo adquiridas da fabricante norte-americana. Inicialmente, o avião será utilizado no rota São Paulo-Santiago (Chile). Posteriormente, fará as rotas européias da companhia, para Frankfurt (Alemanha) e Londres (Reino Unido).

O avião da TAM é configurado com três classes de operação e tem capacidade para até 365 passageiros. Os 777s da empresa irão substituir os atuais MD-11 operados em rotas longas, por serem mais eficientes e econômicos no uso de combustíveis.

Com a incorporação dessa aeronave, a TAM agora opera uma frota de 117 aeronaves, sendo 110 fabricadas pela Airbus (entre modelos A319, A320, A321, A330 e A340), 3 Boeings (o 777 e dois 767), além dos três MD-11, fabricados pela McDonnell Douglas, hoje parte da Boeing. A TAM tem ainda um Fokker F-100, não mais em operação, em processo de devolução.

Segundo a TAM, até o fim de 2008, receberá mais três 777-300ERs, que substituirão totalmente os MD-11, aviões estes que serão devolvidos. Além dessas aeronaves, a companhia aérea ainda vai receber mais dois Airbus A330 para integrar sua malha internacional.

Essas aquisições reforçam nossa política de operar uma frota com baixa idade média, assegurando maior conforto aos passageiros na busca da excelência de serviços, afirmou o presidente da companhia, David Barioni Neto.

O plano de frota da companhia prevê que ela encerre 2008 com 123 aeronaves em operação, chegando a 147 aviões ao final de 2012.

(José Sergio Osse | Valor Online)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.