Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

TAM afirma que ainda há espaço para novos reajustes nas passagens

SÃO PAULO - A TAM acredita que, apesar da recuperação nos preços nos últimos trimestres, ainda há espaço para novos reajustes nos valores das passagens. Eventuais aumentos, porém, devem vir apenas a partir de testes, para não afetar os níveis de ocupação da empresa.

Valor Online |

"Ainda temos preços nominais abaixo dos patamares de 2006. Considerando a inflação, a defasagem é ainda mais significativa", afirmou o vice-presidente Financeiro da empresa, Líbano Barroso.

Segundo ele, a TAM já reajustou, em média, 10% suas tarifas no mercado doméstico. No segmento internacional, o aumento médio é de cerca de 5%.

"As pressões sobre os custos, especialmente com o preço do petróleo, tem levado a maiores aumentos. Mas estamos testando a elasticidade do mercado, para não afetar nossa ocupação", disse o executivo. "Ainda há espaço para subir os preços, mas sempre avaliando a taxa de ocupação", acrescentou.

Barroso explicou, porém, que, embora a companhia não seja orientada apenas para aumentar sua participação no mercado, isso é importante para garantir escala e uma oferta de serviços adequada e de qualidade. "Não vamos entrar numa guerra de preços, mas tentar oferecer o melhor serviço para elevar a demanda entre passageiros", afirmou.

 

Leia tudo sobre: tam

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG