Tamanho do texto

Consumidor saberá valor que está sendo pago pela passagem aérea e a quantia relativa ao serviço prestado na emissão do bilhete

selo

A TAM informou que implantou hoje, em todos os canais de venda assistida de bilhetes para voos internacionais, a nova metodologia que, segundo a companhia, mostra de maneira transparente ao cliente o valor que está sendo pago pela passagem aérea e a quantia relativa ao serviço prestado na emissão do bilhete. O sistema é semelhante ao que é utilizado pela companhia desde 2008 na venda de passagens para voos domésticos.

O valor do serviço prestado pelos canais de venda assistida instalados no Brasil passou a ser pago diretamente pelo passageiro no momento da emissão do bilhete internacional, na proporção de até 7% do preço da passagem, com um valor mínimo de R$ 30,00.

"Antes desta mudança, a remuneração do agente de viagens fazia parte do valor total do bilhete", explica, em nota, o diretor de Vendas da TAM, Klaus Kuhnast. "A metodologia nos permite reduzir custos e nos ajuda a manter preços competitivos no mercado internacional", acrescenta. De acordo com a TAM, "trata-se de um modelo dentro dos padrões mundiais de remuneração dos agentes de viagem, adaptado à legislação do País". Conforme a companhia, a regra é aplicada para todos os canais de venda assistida, lojas TAM, call center da companhia e agências de viagem, e o valor da tarifa será o mesmo em todos eles.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.