Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Taiwan retira leite em pó da Nestlé feito na China por conter melamina

Taipé, 2 out (EFE).- O Departamento de Saúde de Taiwan anunciou hoje a descoberta de pequenas quantidades de melamina em seis tipos de leite em pó da marca Nestlé fabricados na China, e proibiu a venda ao público.

EFE |

Vinte produtos da Nestlé elaborados com leite em pó importado da China foram retirados das lojas de Taiwan, junto com biscoitos e chocolates de outras marcas também contaminados.

"A quantidade de melamina era pequena e não representava risco para a saúde, mas, para proteger os consumidores, pedimos a retirada dos produtos", disse o ministro da Saúde taiuanês, Yeh Ching-chuan.

Nos exames do leite em pó da Nestlé, foi encontrada de 0,06 a 0,85 parte por milhão de melamina em amostras fabricadas pela empresa em Shuangcheng, na província chinesa de Heilongjiang.

Nos testes do leite em pó Klim da Nestlé foi encontrada 0,05 parte por milhão de melamina.

O Departamento de Saúde de Taiwan quer convidar especialistas do Japão, Estados Unidos e Europa para definir critérios sobre os níveis de melamina aceitáveis.

Na semana passada, o Departamento de Saúde taiuanês consentiu até 2,5 partes por milhão de melamina nos alimentos, mas, diante dos protestos do público, voltou a exigir ausência total de melamina.

A melamina é um composto plástico que pode causar problemas renais e que, na China, causou a morte de pelo menos quatro crianças e intoxicou mais de 54 mil. EFE flp/an

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG