Taipé, 22 ago (EFE).- O Governo de Taiwan dará prioridade a liberalizar a entrada de capital chinesa na Bolsa de Taipé, segundo as diretrizes de mercado divulgadas hoje em uma nota à imprensa.

A liberalização da entrada de capitais chineses na Bolsa de Taipé será gradual e acompanhada da criação de um mecanismo de supervisão das trocas financeiras com a China, acrescentou o comunicado.

O Governo taiuanês revisará as leis para facilitar a expansão na China das instituições financeiras taiuanesas, e quer atrair empresas estrangeiras para cotar na bolsa taiuanesa.

As medidas fazem parte do plano governamental de transformar Taiwan em um centro financeiro da Ásia-Pacífico.

A ilha também espera que os capitais chineses financiem parte do ambicioso programa I-Taiwan, para o qual já há um orçamento de US$ 5,483 bilhões de dinheiro público, e que consiste no desenvolvimento de doze grandes projetos de infra-estrutura. EFE flp/an

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.