Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Synergy e Silver Marlin levam cinco blocos na Bacia do Recôncavo

RIO - O consórcio formado pela brasileira Silver Marlin (30%) e pela panamenha Synergy (70%) levou cinco dos sete blocos arrematados na segunda fase da Bacia do Recôncavo, na 10ª Rodada de Licitações da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). Os outros dois ficaram com a também brasileira Alvorada, enquanto duas outras áreas não receberam ofertas.

Valor Online |

A segunda fase do leilão de áreas da Bacia do Recôncavo movimentou R$ 4,983 milhões em bônus por assinatura, com investimentos previstos de R$ 14,272 milhões.

Dos 130 blocos oferecidos na 10ª Rodada, apenas 54 foram leiloados, o equivalente a 41,53%. O total arrecadado foi de R$ 89,406 milhões. O leilão, que ofereceu apenas áreas terrestres, durou cerca de três horas, com blocos arrematados em sete bacias sedimentares.

(Rafael Rosas | Valor Online)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG