SÃO PAULO - A Synergy Aerospace, controladora da brasileira OceanAir, fechou um contrato com a européia Airbus para a compra de 10 aeronaves A350-800XWB. O pedido firme substitui o memorando de entendimento firmado entre as duas em fevereiro deste ano. Com a concretização do pedido, a transação poderá atingir valor total, a preços de tabela, de US$ 2,11 bilhões.

Depois de pedirmos 57 aviões modelos A320 e A330 da Airbus, nós no grupo selecionamos novamente a Airbus para a modernização de nossas frotas, afirmou o presidente da Synergy, German Efromovich. O A350XWB é simplesmente a melhor escolha para nossas afiliadas, atendendo nossas altas expectativas em relação ao conforto dos passageiros e eficiência operacional, acrescentou.

Em novembro de 2007, Efromovich anunciou em São Paulo a compra de 28 aviões Airbus para uso da OceanAir por US$ 2,65 bilhões. As aeronaves - 14 unidades do A319, sete do A320 e sete do A330-200 - começam a ser entregues em 2009. Seis meses antes, ele já havia divulgado a compra de dez aviões Boeing 787 Dreamliner, equivalentes em capacidade e alcance ao A350, por US$ 1,5 bilhão.

O A350 XWB tornará as afiliadas da Synergy Aerospace ainda mais competitivas. Em termos de economia de combustíveis e eficiência operacional esse avião é imbatível, afirmou o executivo-chefe de Operações e Clientes da Airbus, John Leahy.

O acordo que transformou o memorando de entendimento em pedido firme foi assinado pelas duas companhias durante o Airshow de Farnborough (Inglaterra), a mais importante feira aérea do mundo, cujo período de negócios se encerra amanhã.

(José Sergio Osse | Valor Online)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.