Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Suzano vai usar recursos próprios e de bancos para financiar investimentos de US$ 6,6 bilhões

SÃO PAULO - A Suzano Papel e Celulose pretende usar recursos próprios e de bancos de fomento para financiar o investimento superior a US$ 6,6 bilhões referente ao seu projeto de expansão, anunciado hoje. O presidente da companhia, Antonio Maciel Neto, afirmou que, além do caixa, a empresa deverá acessar linhas de crédito do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e de bancos regionais.

Valor Online |

Segundo ele, também não está descartada uma operação no mercado de capitais, caso seja necessária. O executivo afirmou que o grupo Suzano, controlador da empresa, estaria preparado para uma operação de aumento de capital.

O mercado de capitais também poderia ser utilizado, de acordo com Maciel, para uma eventual aquisição, possibilidade ventilada pela Suzano mesmo diante dos fortes investimentos anunciados para sua expansão orgânica. Se houver uma oportunidade de aquisição no Brasil ou no exterior, poderemos analisar, disse o executivo, sem revelar possíveis alvos da Suzano.

Ele também preferiu não fazer comentários sobre uma eventual compra da Aracruz, cujo acordo de acionistas venceu em maio, criando a possibilidade, aventada pelo mercado, da criação de uma gigante brasileira do setor de celulose.

Maciel informou ainda que os investimentos anunciados não devem elevar de forma significativa o endividamento da Suzano. Ele afirmou que o nível da dívida deve ficar abaixo do ápice registrado durante a construção da segunda linha de produção da unidade de Mucuri (BA), quando marcou 3,9 vezes a geração de caixa medida pelo Ebitda (lucro antes de impostos, juros, amortizações e depreciações).

Com a linha em pleno funcionamento, o Ebitda anualizado da Suzano se aproximou de US$ 1 bilhão, possibilitando, segundo o executivo, a manutenção da dívida nos patamares desejados.

(Murillo Camarotto | Valor Online)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG