Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Surpresa com PIB garante dia de ganhos nas bolsas de Nova York

SÃO PAULO - A surpresa com a expansão do Produto Interno Bruto (PIB) dos Estados Unidos no último trimestre causou forte impacto nas operações acionárias desta quinta-feira e garantiu a alta das bolsas em Nova York. Além disso, as ações do setor bancário continuaram em recuperação e colaboraram para os ganhos do dia.

Valor Online |


O Dow Jones Industrial fechou com alta de 1,85%, para 11.715 pontos. O Standard & Poor´s 500 encerrou aos 1.300 pontos, com valorização de 1,48%. O eletrônico Nasdaq subiu 1,22%, para 2.411 pontos.

Conforme divulgado nesta quarta-feira pelo governo dos EUA, o PIB anualizado alcançou alta de 3,3% no segundo trimestre deste ano, superando a estimativa feita pelo governo no mês passado, de 1,9%. Ao mesmo tempo os pedido de seguro desemprego diminuíram em 10 mil na última semana.

Os agentes ficaram surpresos com o fato de a economia ter se recuperado nos últimos meses e mostraram maior confiança nas compras em Wall Street, inclusive de papeís financeiros.

As ações da seguradora AIG subiram 7,55% (US$ 21,51), as do Citigroup ganharam 5,30% (US$ 19,08) e os papéis do Bank of American fecharam com aumento de 6% (US$ 31,43). As ações das financiadoras de hipotecas Fannie Mae e Freddie Mac continuaram se recuperando, devido a análises mais positivas das finanças da Fannie Mae por parte do Lehman Brothers. As ações da Fannie Mae ganharam tiveram alta de 22,69% (US$ 7,95%) e as da Freddie Mac subiram 11,16% (US$ 5,28).

As ações da Caterpillar ganharam 3,1% e as da AT & T ganharam avançaram 3,3%. Já as ações da Coca Cola figuraram como exceção e caíram 1,25% após o Credit Suisse ter reduzido a recomendação para os papéis da empresa de acima da média para neutro.

Leia tudo sobre: wall street

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG