Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Superavit em conta da China sobe 30% no 2º trimestre

O desempenho mostra que o país ainda enfrenta desafios para equilibrar sua economia

AE |

selo

O superavit em conta corrente da China subiu para US$ 70,5 bilhões no segundo trimestre, o que representa uma alta de 30% em relação ao mesmo período do ano passado. O desempenho surge após o declínio registrado no primeiro trimestre e mostra que o país ainda enfrenta desafios para equilibrar sua economia. O superavit em conta corrente do primeiro semestre de 2010 foi de US$ 124,2 bilhões, 8% menor que no mesmo período do ano passado, segundo a Administração Estatal de Câmbio Estrangeiro. 

O superavit respondeu por 4,9% do Produto Interno Bruto (PIB) no primeiro semestre, 1,3 ponto porcentual abaixo dos primeiros seis meses de 2009. O declínio mostra progresso na iniciativa de reduzir a dependência da China da demanda externa, mas se deve inteiramente à redução do superavit no primeiro trimestre. A China registrou um superavit comercial excepcionalmente forte em julho, de US$ 28,7 bilhões, acima dos US$ 20,02 bilhões de junho, o que indica que seu superavit em conta corrente deve continuar subindo nos próximos meses. 

O governo informou que as reservas de câmbio estrangeiro subiram em US$ 81,1 bilhões no segundo trimestre, excluindo o efeito da oscilação da taxa cambial. Este valor contrasta com números publicados no mês passado pelo Banco do Povo da China (o banco central do país), que considera o efeito das flutuações do câmbio, mostrando que as reservas de câmbio estrangeiro cresceram apenas US$ 7,2 bilhões no segundo trimestre. As informações são da Dow Jones.

Leia tudo sobre: superavitChinabalança

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG