Tamanho do texto

Washington - O Brasil registrou superávit de US$ 365 milhões em suas relações comerciais com os Estados Unidos em junho, frente a US$ 57 milhões em maio, informou nesta terça-feira o Departamento de Comércio americano. No primeiro semestre, o Brasil acumulou superávit de US$ 21 milhões, em comparação com outro de US$ 1,225 bilhão no mesmo período do ano passado.

Já o intercâmbio comercial dos países da América Latina e do Caribe com os EUA caiu 4,02% em junho e ficou em US$ 8,442 bilhões, segundo o Departamento de Comércio americano. O superávit da região no primeiro semestre deste ano soma US$ 48,89 bilhões, comparado com outro de US$ 48,007 bilhões no mesmo período de 2007.

Em junho, a região contabilizou 12% do déficit total no comércio de bens dos EUA. O México, que está associado a EUA e Canadá no Acordo de Livre-Comércio da América do Norte (Nafta, em inglês), representou 67% do superávit comercial da América Latina e o Caribe com os EUA. O superávit do México caiu de US$ 6,575 bilhões em maio para US$ 5,689 bilhões em junho. Nos seis primeiros meses do ano, o superávit mexicano foi de US$ 35,702 bilhões, frente a outro de US$ 34,31 bilhões no mesmo período do ano passado.

O déficit da Argentina em seu comércio de bens com os EUA subiu de US$ 308 milhões de dólares em maio para US$ 434 bilhões em junho.

No primeiro semestre, a Argentina registra déficit de US$ 1,066 bilhão, bem acima do de US$ 540 milhões na mesma época de 2007.

O Chile aumentou seu déficit de US$ 606 milhões em maio para US$ 924 milhões em junho. De janeiro e junho, o Chile acumula déficit de US$ 2,021 bilhões, ao contrário do superávit de US$ 917 milhões que registrou na mesma época do ano passado.

A Colômbia, que em maio teve superávit de US$ 459 milhões, obteve outro de US$ 175 milhões no sexto mês do ano.

Entre janeiro e junho, a Colômbia acumula superávit de US$ 905 milhões, comparado US$ 192 milhões positivos no primeiro semestre.

O superávit da Venezuela subiu de US$ 3,861 bilhões em maio para US$ 4,62 bilhões em junho. No primeiro semestre, a Venezuela registrou superávit de US$ 20,238 bilhões comparado com outro de US$ 12,123 bilhões do mesmo período em 2007.

Leia mais sobre balança comercial