Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Superávit comercial do Brasil com Argentina soma US$ 64 milhões em dezembro

Buenos Aires, 5 jan (EFE).- A crise global já afeta o comércio entre Brasil e Argentina, cuja balança de trocas registrou, em dezembro, uma forte contração, segundo um relatório da empresa de consultoria argentina Abeceb divulgado hoje.

EFE |

No último mês de 2008, o déficit comercial da Argentina com o Brasil foi de US$ 64 milhões, o menor valor desde o começo de 2004, com uma queda de 70% em comparação com o saldo negativo de dezembro de 2007.

O relatório destaca que a queda "responde a uma redução da corrente de comércio nos últimos meses (no último mês de 2008, a queda foi de 21,1%, principalmente pelas menores importações a partir do Brasil), mais do que a uma melhor performance das exportações argentinas".

Já nas exportações, as remessas de produtos argentinos ao Brasil em dezembro chegaram a US$ 872 milhões, o menor valor desde setembro de 2007, com uma queda anualizada de 16,1%.

Enquanto isso, as importações argentinas de produtos brasileiros alcançaram em dezembro os US$ 936 milhões, com uma queda anualizada de 25,3%.

O relatório destaca que foram vislumbrados "os primeiros sinais da crise internacional por meio da queda do comércio bilateral".

Nos 12 meses de 2008, a Argentina acumulou um déficit comercial com o Brasil de US$ 4,344 bilhões, com um crescimento anualizado de 8,4% em comparação com o saldo de 2007.

"Este valor é inferior ao esperado, devido à retração do comércio e, principalmente, pela forte queda das importações no mês de dezembro", aponta o relatório. EFE nk/db

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG