Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Superávit comercial da China cai 42,5% no 1º semestre

Pequim, 10 jul (EFE).- O superávit comercial da China entre janeiro e junho ficou em US$ 55,3 bilhões, o que supõe uma queda de 42,5% com relação ao mesmo período de 2009, informou neste sábado a Administração Geral de Alfândegas do país asiático.

EFE |

Pequim, 10 jul (EFE).- O superávit comercial da China entre janeiro e junho ficou em US$ 55,3 bilhões, o que supõe uma queda de 42,5% com relação ao mesmo período de 2009, informou neste sábado a Administração Geral de Alfândegas do país asiático. Na primeira metade do ano, as exportações aumentaram 35,2%, até totalizar US$ 705,1 bilhões, mas as importações cresceram em maior ritmo, 52,7%, somando US$ 649,8 bilhões, destacou a administração em seu site oficial. O comércio exterior chinês na primeira metade do ano chegou, portanto, a US$ 1,35 trilhões, um aumento de 43,1% comparado com o primeiro semestre de 2009. Apesar do descenso do superávit, em junho as exportações alcançaram um número mensal recorde de US$ 137,4 bilhões, uma ascensão de 43,9%, enquanto as importações totalizaram US$ 117,3 bilhões em alta de 34,1%. A crise financeira internacional se traduziu na China em uma queda das exportações em 2009, pela menor demanda dos mercados afetados pela recessão. Entretanto, o país asiático está recuperando o ritmo exportador. As mudanças macroeconômicas internacionais geraram numerosos transtornos à "fábrica do mundo", as indústrias chinesas destinadas à exportação, o que foi notado em 2009 na perda de entre 20 e 40 milhões de empregos nessas fábricas, e em 2010 em uma onda de greves e descontentamento entre os empregados. EFE abc/fm

Leia tudo sobre: iG

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG