Tamanho do texto

A SulAmérica informou hoje que continua a negociar com o Banco do Brasil (BB) a parceria que tem na BB Saúde, empresa do banco para a venda de planos de saúde. A SulAmérica informou ainda que a venda de 30% da participação que tinha na Brasilveículos para o BB deve gerar resultado líquido não recorrente de R$ 140 milhões.

A SulAmérica informou hoje que continua a negociar com o Banco do Brasil (BB) a parceria que tem na BB Saúde, empresa do banco para a venda de planos de saúde. A SulAmérica informou ainda que a venda de 30% da participação que tinha na Brasilveículos para o BB deve gerar resultado líquido não recorrente de R$ 140 milhões. O BB pagou R$ 340 milhões pela participação, segundo comunicado divulgado hoje pelo banco. O seguro de carros é o mais disputado do mercado e a SulAmérica deve perder alguns lugares no ranking para a seguradora que vai ser criada por BB e Mapfre para atuar na área, que terá prêmios totais de quase R$ 8 bilhões. Somente a Brasilveículos teve R$ 1,3 bilhão em prêmios em 2009, números que eram consolidados na SulAmérica. Segundo ranking do Sindicato dos Corretores de Seguros (Sincor), que exclui os prêmios com DPVAT, a seguradora de carros do BB é a sexta maior do mercado, liderado por Porto Seguro, Bradesco e SulAmérica. O BB deve saltar para a segunda posição do ranking após a parceria com a Mapfre (a quarta maior do ranking). No comunicado, a SulAmérica diz que o término do acordo com o BB, após mais de 12 anos de parceria, "em nada modificará os demais negócios e atividades da companhia e de suas controladas". Com a venda dos 30% na Brasilveículos, o BB passa a deter 100% da companhia. A operação precisa ainda ser aprovada pela Superintendência de Seguros Privados (Susep).

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.