A filial brasileira do grupo energético francês Suez, Tractebel Energia, comprou na quarta-feira duas centrais hidrelétricas no Brasil de uma potência total de 50,3 megawatts (MW) pelo valor de 125,6 milhões de euros, anunciou nesta quinta-feira o grupo em um comunicado.

Essas duas centrais custaram 314 milhões de reais, dos quais 204 milhões foram pagos em ações e 110 milhões como dívida financeira líquida.

"A eletricidade produzida por essas duas centrais foi objeto de um contrato de venda com a Eletrobras", principal empresa pública do setor energético no Brasil "em virtude de contratos de compra de eletricidade a vinte anos", indicou o texto.

Por meio dessa operação "a sociedade consolidou sua posição de maior operadora de energia renovável do Brasil", anunciou Manoel Zaroni, presidente da Tractebel Energia no comunicado.

As duas centrais em questão estão localizadas em Rondonópolis (26,6 MW) e em José Gelazio (23,7 MW), no estado do Mato Grosso, nas imediações da central de Ponte de Pedra (176 MW), comprada recentemente pela Tractebel Energia.

A transação deverá ser concluída no final de 2008, considerou o grupo.

gp/dm

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.