O governo sueco anunciou nesta sexta-feira um plano de ajuda de emergência de oito bilhões de coroas (960 milhões de dólares) para estimular sua economia.

O pacote de iniciativas tem por objetivo reforçar o mercado trabalhista e dinamizar a demanda no setor da construção, segundo indica um comunicado do ministério da Economia e Finanças.

O governo propõe, entre outras medidas, a redução sobre obras de manutenção de edifícios e trabalhos de renovação que se iniciam a partir de segunda-feira.

O país escandinavo entrou em recessão no terceiro trimestre do ano.

Nos últimos meses, foram anunciadas milhares de supressões de emprego, especialmente no setor automobilístico, onde o futuro das marcas Volvo e Saab está a mercê das decisões de suas respectivas matrizes, as americanas Ford e General Motors, em risco de falência.

Dt/cn

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.