O diretor gerente do Fundo Monetário Internacional (FMI), Dominique Strauss-Kahn, afirmou nesta quarta-feira que os recentes acontecimentos no setor financeiro representam um risco potencial adicional para o crescimento econômico mundial.

"Continuamos antecipando uma recuperação gradual do crescimento mundial em 2009, embora os acontecimentos deste fim de semana representem um risco potencial adicional para as perspectivas", explicou Strauss-Kahn em um comunicado.

"As projeções do FMI indicam uma queda do crescimento mundial em 2008 a cerca de 4%, refletindo a desaceleração nos EUA, na Europa e no Japão, e uma certa desaceleração do crescimento na maioria dos mercados emergentes e em países em desenvolvimento", acrescentou.

O quarto banco de investimentos americano Lehman Brothers pediu concordata e a primeira seguradora americana AIG, ex-líder mundial, foi nacionalizada de urgência pelo Tesouro americano nesta semana.

hh/lm

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.