O diretor-geral do Fundo Monetário Internacional (FMI), Dominique Strauss-Kahn, advertiu, nesta quinta-feira, contra um retorno ao protecionismo pela porta dos fundos, especialmente em matéria bancária.

fga/tt

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.