Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Stephanes: governo estuda linha de crédito para cooperativas

Brasília, 19 - O ministro da Agricultura, Reinhold Stephanes, disse hoje que o governo estuda a criação de uma linha para capital de giro para as cooperativas. A medida pode ser anunciada, segundo ele, na semana que vem.

Agência Estado |

Ele não disse o valor desta linha, mas lembrou que no sul do País as cooperativas agrícolas são responsáveis por até 50% da produção. Stephanes participou hoje da abertura do primeiro fórum nacional de Gênero, Cooperativismo e Associativismo, em Brasília.

O ministro comentou também a decisão de ontem do Conselho Monetário Nacional de criar uma linha para refinanciamento das dívidas de investimento que não foram pagas, vencidas em outubro. O ministro disse que os produtores deixaram de pagar porque optaram por usar os recursos para plantio das lavouras. Stephanes disse que a situação da agricultura brasileira está sendo avaliada diariamente pelo governo e comentou que haverá apoio a comercialização da safra que está sendo plantada.

"O governo vai usar os instrumentos que tem à disposição", afirmou o ministro numa tentativa de tranqüilizar os produtores rurais que temem prejuízos na hora de comercializar a safra em um momento de retração da demanda mundial. No caso do algodão, o ministro salientou que há sinais de retração da demanda internacional.

Stephanes comentou também a proposta do Banco do Brasil de elaborar um novo modelo de política agrícola para o Brasil. Ele disse que no momento como o atual, de crise, não há espaço para discussão. "É preciso fazer um aperfeiçoamento do modelo, mas no momento de crise não há espaço para este tipo de discussão", afirmou Stephanes.

O ministro disse ainda que a função do governo neste momento é intervir no mercado com as políticas disponíveis. Segundo ele, um modelo elaborado para funcionar em um momento de crise pode não ser funcional quando o cenário estiver normalizado.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG