Brasília, 14 (AE) - O ministro da Agricultura, Reinhold Stephanes, disse hoje esperar que o governo amanhã também aumente a chamada exigibilidade bancária para aplicação em crédito rural, que é o volume de dinheiro que os bancos têm que obrigatoriamente aplicar em crédito rural. Espero que saia amanhã, disse ele, após participar da posse da nova diretoria da União Brasileira de Avicultura (UBA).

Segundo ele, a ampliação da exigibilidade permitirá na elevação em R$ 5 bilhões dos recursos disponíveis para o crédito rural. Durante o evento, o ministro informou que o governo estuda dar isenção tributária para o farelo de milho, que é utilizado na alimentação das aves que são exportadas.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.