Brasília, 04 - O ministro da Agricultura, Reinhold Stephanes, avaliou hoje, por meio de sua assessoria de imprensa, como um extraordinário avanço a decisão da Câmara de Comércio Exterior (Camex) de reduzir de 2,9% para 2,1% a alíquota antidumping aplicada sobre as importações de glifosato da China. A decisão foi aprovada ontem pelo Comitê Executivo de Gestão (Gecex) da Camex e publicada na edição de hoje do Diário Oficial da União.

O ministro lembrou que o governo tem reduzido de forma gradativa o antidumping aplicado ao glifosato chinês. Em 2003, a Camex aplicou uma alíquota de 35,8% sobre as compras de glifosato importado da China. Por meio de sua assessoria, Stephanes disse que continua defendendo a proposta de alíquota zero para a importação de glifosato chinês como forma de reduzir os custos de produção da atividade agrícola. A alíquota chegará a zero "aos poucos", informou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.