Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Stephanes e Mantega discutem política para cana no Nordeste

Brasília, 16 - Os ministros da Fazenda, Guido Mantega, da Agricultura, Reinhold Stephanes, e das Relações Institucionais, José Múcio Monteiro, se reuniram hoje, no início da tarde, no Ministério da Fazenda, para discutir uma política de apoio à cana-de-açúcar do Nordeste. Segundo Stephanes, a idéia é definir um preço mínimo de garantia para a cana, o que permitira a adoção de políticas de apoio à comercialização.

Agência Estado |

Ao chegar ao prédio do Ministério da Fazenda, Stephanes avaliou também que não há motivo para a queda no preço das commodities agrícolas ao comentar a queda generalizada das commodities nas bolsas internacionais. Ele disse que pode haver "um dia ou outro" de variação negativa, mas não há motivo para a redução no preço dos alimentos. "As pessoas continuam comendo. A produção está equilibrada", afirmou.

De acordo com o ministro, os fundamentos que dão sustentação aos preços - produção, estoque e demanda - continuam firmes. "Há um equilíbrio. Não vejo motivo para um recuo de preços", afirmou.

O ministro voltou a dizer que os preços dos alimentos subiram no passado recente por conta do aumento da demanda e também por causa de um movimento especulativo.

Segundo ele, a eliminação da especulação fez os preços recuarem nas últimas semanas. A partir de agora, na visão de Stephanes, só os fundamentos (estoque, produção e demanda) ditarão o ritmo de preços no mercado internacional.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG