Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Stephanes discute projetos para escoamento de safra do norte do MT

Brasília, 07 - O ministro da Agricultura, Reinhold Stephanes, discutiu hoje com o ministro dos Transportes, Alfredo Nascimento, projetos que possam viabilizar o escoamento da produção agrícola do norte do Mato Grosso por portos como os de Itaqui (MA) ou de Santarém (PA). Hoje, os custos são elevados porque a produção do norte mato-grossense é escoada por Santos (SP) ou Paranaguá (PR).

Agência Estado |

A melhor alternativa, segundo o ministro, seria a construção da hidrovia Teles Pires-Tapajós, que, com 1,5 mil quilômetros de extensão, ligaria a região de Sinop a Santarém. "Se fizermos esse transporte por hidrovia, o custo será reduzido a um terço, assim como as emissões de gás carbônico", disse o ministro, ao sair da reunião com Nascimento. Stephanes admitiu, porém, que a hidrovia Teles Pires-Tapajós é um projeto a ser executado no longo prazo, em cinco a dez anos. Ele lembrou que, apesar de a obra ser discutida há muitos anos, ainda não há um projeto para a execução da hidrovia.

Stephanes terá outra reunião sobre logística hoje, com o ministro Pedro Brito, da Secretaria Especial de Portos. A pauta, segundo ele, será a integração dos diversos agentes do governo que atuam nos portos. "Para dar mais agilidade ao trabalho nos portos é preciso integrar as atividades dos diversos órgãos de governo que atuam nos terminais, como Receita Federal, a Polícia Federal, Ministério da Agricultura e Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária)", disse.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG